Bruxa, bruxa, venha à minha festa

abr 23

No ano passado, em uma reunião da escola do Francisco, a professora leu para nós – os pais dos alunos – esse livro. Ela nos contou que era um dos preferidos da turma, e por isso queria dividir com a gente. Na sala não havia uma criança sequer, só adultos – e todo mundo ali ficou atento à leitura da professora.

IMG_5814

Saí de lá pensando em procurar o livro, até cheguei a anotar o nome dele, mas acabei me esquecendo. Esses dias fui me deparar com ele na vitrine de uma livraria e não resisti: na mesma hora entrei e comprei o presente para (mim e para) o Francisco.

Valeu a aquisição. Quando entreguei pra ele, foi uma festa. Ele dizia: ‘é meu? o livro da bruxa é meu?’ – e  olha, faz uns dias que anda pra cima e pra baixo com o livro, mostrando pra quem puder.

IMG_5818

O livro é mesmo fascinante, e propõe logo na primeira página: ‘bruxa, bruxa, uma história interativa’ – pode ser lido em duas, três, várias pessoas, cada um repetindo as frases. Não tem historinha, meio e fim, só repetições do convite de uma garota para uma festa:

- Bruxa, bruxa, venha à minha festa

- Obrigada, irei sim, se você chamar o gato

 

- Gato, gato, venha à minha festa

- Obrigado, irei sim, se você chamar o espantalho

 

…e assim vai indo, repetidamente.

IMG_5825

A gente lê com vozes diferentes, uma pra cada personagem, e às vezes até rola um teatrinho. O Francisco se diverte fazendo um vozeirão mais grosso que o outro. Cada página traz a ilustração do próximo convidado – e é uma ilustração mais linda que a outra, sem brincadeira. Todos os personagens são assim, exuberantes, bem realistas, até mesmo assustadores. Tem o duende, o pirata (o preferido do Francisco, com pagagaio e tudo), a cobra, o fantasma…até a chapeuzinho vermelho.

No final, é uma festa à fantasia. Há uma filinha de crianças indo para a festa, cada uma vestindo a sua. É um livro pra brincar mesmo: dá pra pensar em várias atividades pra fazer a partir dele, e por isso é bastante usado em escolinhas.

IMG_5829

***

Livro: Bruxa, bruxa, venha à minha festa

Texto: Arden Druce

Ilustrações: Pat Ludlow

Editora: Brinque-Book

  1. […] Bruxa, bruxa, venha à minha festa […]

  2. […] Bruxa, bruxa, venha à minha festa […]

  3. […] Bruxa, bruxa, venha à minha festa […]

  4. Liane Barbosa disse:

    Este livro está entre os tops lá de casa… nossa, já foi lido inúmeras vezes.
    Uma das formas de lermos é: família reunida e sentada em circulo, desligamos as lâmpadas e com o auxilio de uma lanterna focada para o rosto de uma pessoa começamos a contar a historia, cada pessoa é um personagem e tem que mudar a voz para ficar mais engraçado e legal, rs, é muito divertido… Minha princesinha adora e fica super feliz com a companhia de todos.
    Mas, cada um inventa sua maneira de ler o importante é não deixar de compartilhar esta historia que é fantástica e muito interativa.
    Beijos

Tire sua dúvida


Topo